Quando falamos de trabalho em equipe, logo nos lembramos das formigas e dos gafanhotos, seres tão pequenos, mas que dão um grande exemplo de união, força e autogerenciamento.

O psicólogo Abraham Maslow constatou que os indivíduos têm diversas necessidades, com diferentes forças. Você pode somar seus pontos fortes aos de outras pessoas para alcançar um determinado resultado de forma mais eficiente. 

Precisamos desenvolver com assertividade o trabalho coletivo, pois os resultados positivos são inevitáveis quando todos os colaboradores estão envolvidos em um só propósito. É por este motivo que as habilidades de cada membro devem ser estimuladas e reconhecidas.

Todas as atividades profissionais que demandam trabalho humano precisam ser realizadas com dedicação. A coletividade é fundamental para que qualquer tarefa seja desenvolvida com determinação.

Entenda, o trabalho em equipe não está relacionado a um grupo de pessoas fazendo a mesma coisa. Por exemplo, quando você vai ao cinema, várias pessoas estão indo para mesma sala onde o filme vai ser exibido. Observe que, nesta sala, as pessoas estão fazendo a mesma coisa, mas não com o objetivo de somarem forças para alcançar um resultado comum. Entretanto, o elenco do filme realizou um trabalho conjunto para obter um resultado final espetacular. 

Este é o trabalho em equipe, todos se unem para atingir uma meta. O time consegue trabalhar de forma que seus integrantes saibam exatamente o que os outros estão fazendo; suas ideias e seus esforços são direcionados para um único objetivo. Todos são responsáveis pelas atividades exercidas. Portanto, cada um contribui para o sucesso de uma tarefa bem executada, ou para o fracasso de uma operação mal sucedida. 

A pré-disposição ao trabalho coletivo surge ainda na infância, é uma habilidade que pode ser desenvolvida. Trabalhar em equipe não é tão simples, é necessário abrir mão do que queremos ou pensamos em benefício de outras opiniões. É por causa desta dificuldade que algumas pessoas têm em desenvolver ações coletivas que a figura do líder é tão importante. Mas a liderança não pode ser autoritária nem repressiva ou intimidadora. O líder precisa conduzir orientando e desenvolvendo para que todos pensem e trabalhem buscando o resultado desejado.

Lembre-se disso: você pode ser incrível para realizar um projeto, mas nunca será melhor do que uma equipe focada em realizar a mesma ação. O trabalho em conjunto potencializa os resultados. E se você, assim como eu, busca resultados eficazes e positivos, estimule  o trabalho em parceria. Você irá sentir uma grande diferença nos objetivos conquistados.

Rui Mesquita